COLUNAS E DORES IRRADIADAS

Origem das dores de coluna

Entenda as dores irradiadas

Posições viciosas x dor

Tratamento Mckenzie

ARTROSE DAS ARTICULAÇÕES

O tratamento Mckenzie para:

Artrose dos joelhos e quadris

Artrose da coluna

LESÕES MUSCULARES E TENDINOSES
O tratamento Mckenzie para:

Cotovelo de tenista ou   epicondilite lateral

Tendinite / ruptura tendão Aquiles

Síndrome do impacto do ombro

Tendinite patelar

Distensão da virilha

LESÕES ARTICULARES MAIS COMUNS

Desarranjos articulares

Joelhos

Ombros

Cotovelos

Quadris

ATM – Articulação temporo-mandibular

Dor anterior do joelho
REPORTAGENS SOBRE DORES DE COLUNA E IRRADIADAS ( LER )
 

 

 

TRATAMENTO PARA ARTROSE DO JOELHO E DO QUADRIL

 

É comum o paciente com diagnóstico de artrose ou osteoartrose ser orientado a evitar uma série de atividades e movimentos para não piorar o seu problema. O paciente torna-se cada dia mais limitado e geralmente abandona as atividades físicas. O paciente tem medo de piorar.  

Um bom exemplo são as orientações de “EVITAÇÃO” prescritas aos pacientes com artrose de joelho ou quadril. Não agachar, evitar escadas e rampas, evitar estressar a articulação, etc.  

QUER DEGENERAR UMA ARTICULAÇÃO? LIMITE-A DE SUAS FUNÇÕES.  

Como vimos anteriormente, um grande número de pacientes com artrose de joelho ou quadril são assintomáticos. Se  a articulação com artrose  começa a ficar dolorida,  temos que avaliar e tratar  a articulação;  e não  limitá-la de suas funções. 

Qual a verdadeira causa da dor?  O que impede o paciente de se agachar?  Existe um bloqueio articular, uma perda de amplitude de movimento ou um descondicionamento da articulação?

Temos que pensar mecanicamente, pois essas articulações foram projetas para executar movimentos e receber carga. Foram projetadas para serem estressadas. Se não executarem suas funções, vão  se degenerar por desuso. Ao invés de orientar repouso e uma série de impedimentos, temos que tratar e recondicionar a articulação.  

“TRATAR ESTRESSSANDO OS TECIDOS”.  

Assim como os músculos necessitam de tensão para se manterem sadios, a cartilagem necessita de pressão. A cartilagem que recebe pressão adequada contínua se mantém forte e bem nutrida. Para estimularmos   a cartilagem degenerada temos que capacita-la  a receber a pressão do corpo e não privá-la da mesma.  A crença de que a  cartilagem não pode reparar-se , é refutado pelas evidências científicas contemporâneas (Bland 1993, McCarthy 1994).Toda vez que andamos, agachamos,  assentamos,  levantamos da cadeira, descemos e subimos escadas e rampas, estamos dando um estímulo positivo e vital para as articulações e cartilagens. Joelho, quadril, tornozelos e articulações dos pés precisam de pressão diária.  

O MÉTODO MCKENZIE –MDT

Tratando essas patologias com uma abordagem puramente mecânica.  Prescrição de movimentos reparadores, liberação dos movimentos bloqueados, restabelecimento da função, recondicionamento articular.

 

Portanto, o foco do tratamento não está no repouso ou só no fortalecimento muscular. Nosso objetivo e foco estão também  dentro da articulação, ou seja, na  reorganização dos tecidos   intraarticulares.

A vivência clínica tem demonstrado que esses pacientes obtêm uma melhora rápida  ( poucas sessões ) com esta abordagem de tratamento.

 

Tanto os estudos científicos quanto a nossa experiência clínica têm demonstrado que o exercício adequado reduz a dor e melhora a capacidade do paciente de executar suas atividades diárias. As terapias passivas como o gelo e o calor foram ineficazes. 

A AVALIAÇÃO MCKENZIE é capaz de detectar que fatores estão incapacitando a articulação e que exercícios deverão ser prescritos. Temos que tratar a articulação e  restituir sua função normal;  e não colocá-la em repouso e limitá-la e impedí-la de se movimentar.  

Objetivos do tratamento Mckenzie na osteoartrose.                       

     ·   Diminuição ou abolição da dor.

     ·   Restabelecer a amplitude dos movimentos articulares.

     ·   Reduzir qualquer bloqueio intrarticular ( desarranjo articular).

     ·   Recondicionar a articulação para os movimentos da vida diária.

     ·   Reeducação e capacitação do paciente para se autotratar. 

O tratamento McKenzie para a artrose consiste em: 

     ·   Exercícios redutores caso haja bloqueio ou limitação articular causada por corpos livres intra-articulares  ou pelos  “preenchedores articulares”.

     ·   Diminuição ou abolição da dor.

     ·   Prescrição de exercícios para restabelecer o condicionamento e a função da articulação.

     ·   Capacitação e educação do paciente para se autotratar.

 

Os exercícios devem ser feitos diariamente para manter a melhora alcançada. Uma grande vantagem do Método Mckenzie é tornar o paciente auto suficiente – autotratamento. Não há necessidade do paciente ir diariamente as setor de fisioterapia pois os exercícios prescritos podem ser feitos em sua própria casa ou no trabalho. São exercícios de fácil execução e de curta duração.

 

Prognóstico. 

 

Na nossa experiência,  a maioria dos pacientes observam melhoras significativas em poucas sessões.

 

O recondicionamento muscular é dado   na forma de exercícios funcionais.  A articulação sadia, que executa todos os movimentos diários,  que pratica atividade física moderada, necessita muito pouco de fortalecimento muscular extra. 

 

“DESAFIANDO AS ESTRUTURAS ARTICULARES” 

A meta do tratamento Mckenzie para a osteoartrose visa a abolição da dor, o restabelecimento total da função e o recondicionamento articular. A articulação deve ser preparada e desafiada a  executar seus movimentos  naturais e  ter, readquirida, sua função de receptora da carga do corpo.

 

 @Copyright 2010   www.dorcoluna.com.br  Todos os direitos reservados

Designer: Paulo Chaves (31) 8788-0981